Por que a gestão do tempo influencia no resultado da sua empresa?
Buscar
  • Equipe Nortus

Por que a gestão do tempo influencia no resultado da sua empresa?


O tempo é o recurso mais democrático que existe. Ele é igual para todos, portanto, é possível definir o que será feito com ele a cada instante.

Vivemos um momento em que a sensação de falta de tempo é uma das principais fontes de estresse, conflitos, superficialidade e desgastes; logo, baixa performance e improdutividade.

Uma das origens dessa sensação é a nossa mentalidade de escassez, ou seja, uma forma de ver o mundo em que sempre está faltando alguma coisa, ao mesmo tempo em que temos um super apego em algumas formas de pensar, sentir e agir que nos impedem de realmente focar a nossa energia no que realmente irá gerar resultados extraordinários.

O tempo é o recurso mais democrático que existe. Ele é igual para todos nós, portanto, é possível que eu defina o que será feito com o meu tempo a cada instante, e é isso que determinará se os meus resultados serão satisfatórios, medíocres, frustrantes ou exponenciais.

A grande questão está em descobrir o que é realmente essencial para este agora, seja para uma pessoa, para uma equipe, para uma empresa, ou para um país, considerando os impactos a curto, médio e longo prazos. E, para isso, é necessário refletir sobre algumas questões-chave: Como a sua empresa prioriza diante de uma adversidade ou algo inesperado? Como você prioriza o que tem que ser feito no dia a dia? Se você considera que tudo é importante e urgente e não consegue fazer escolhas, não conseguirá priorizar. Logo, é necessário definir o que é importante e urgente, e o que é urgente, porém não importante, para que realmente seja feito o que precisa ser feito.

“Quando tudo é prioridade, nada é prioridade” Greg Mckeown

Em sua empresa, há prestação de contas, periodicamente, para verificar se o que está sendo feito está alinhado com a direção estratégica definida? Como você realiza o seu planejamento semanal?

Leia também: Os cuidados que se deve ter ao tomar qualquer decisão nos negócios

Se você investir 30 minutos do seu tempo e energia vital para planejar a sua semana antes dela começar, conseguirá visualizar e definir o que realmente precisa ser feito, ou seja, o que é urgente e importante (que precisa ser feito agora), eliminando as distrações (coisas que são urgentes, porém não importantes), e ainda terá espaço para realizar o que é importante, porém ainda não é urgente (ações que impactarão nos resultados de médio a longo prazo de uma pessoa e/ou empresa).

“Aqueles que utilizam mal o seu tempo são os que mais reclamam de falta de tempo” Jean de la Bruyere

O que você sente quando precisa dizer não para alguém ou para você mesmo? Aprender a dizer não, de forma imparcial, sem se sentir mal (seja com medo do que possa acontecer, seja com receio de como serei julgado, seja por não querer desagradar alguém) é uma habilidade que requer um processo contínuo de autoconhecimento e autodesenvolvimento para que as prioridades sejam realmente definidas, considerando o crescimento individual, coletivo e a longevidade da empresa.

Você definiu suas maiores prioridades e tem a coragem de – com gentileza, sorrindo e sem culpa – dizer não às outras coisas. E a maneira de fazer isso é ter um “SIM” maior queimando dentro de você.” – Stephen R. Covey

Portanto, fazer a Gestão do Tempo requer uma mentalidade de abundância, prosperidade, crescimento saudável e bem-estar mútuo, em que somente o ESSENCIAL será feito sempre!


178 visualizações