Nortus organizará Centro para a Humanidade Emergente na A. Latina
Buscar
  • Equipe Nortus

Nortus organizará Centro para a Humanidade Emergente na A. Latina


Convite foi feito por Dr. Don Beck e Dr. Darrell Gooden após evento internacional em junho

A Nortus foi convidada por Dr. Don Beck e Dr. Darrell Gooden para organizar e sediar o Centro para a Humanidade Emergente (CHE) na América Latina. Os Centros para a Humanidade Emergente do mundo funcionam como facilitadores global da evolução consciente da espécie humana e, atualmente, estão presentes na Dinamarca, Holanda, Estados Unidos, Alemanha, Oriente Médio, África do Sul, Rússia e Islândia.

Este novo desafio chega no momento em que a Nortus completa 10 anos de existência e é reconhecida por Dr. Don Beck como um case de uma empresa concebida a nível amarelo e turquesa da Dinâmica da Espiral. Chamada de OFCIAO - Organização Em Fluxo Contínuo de Informações Auto-organizadoras, este desenho considera, na prática, os diferentes níveis de consciência e desenvolvimento dos profissionais e da própria empresa como um sistema único. Com um desenho organizacional sem cargos e com vários microssistemas de procedimentos, nucleogramas e atividades que interagem entre si e integram as necessidades da organização, de seus sócios e colaboradores, a OFCIAO consegue obter dados claros e assertivos do movimento humano, social e econômico da empresa, considera o nível estrutural e necessidades da organização e, ao mesmo tempo, melhora a sua produtividade e resultados criando as condições para que todos passem a novos níveis de evolução consciente.

Parceria internacional

O convite para organizarmos o Centro para a Humanidade Emergente na América Latina surgiu após o evento internacional sobre a Dinâmica da Espiral realizado nos dias 28 e 29 de junho pela Nortus. Dr. Darrell Gooden estreitou a parceria com a Nortus aceitando o convite para ser instrutor internacional e ministrar, em 2020, dois cursos sobre a Dinâmica da Espiral para diferentes níveis de conhecimento. Em uma mensagem gravada, compartilhada com a equipe da Nortus após a realização do Evento Internacional, Gooden reconheceu a competência da Nortus como organização que aplica a Dinâmica da Espiral: "Vocês realmente, verdadeiramente e sinceramente, podem impactar o mundo. As coisas que vocês estão fazendo são de peso. Eu já estive com alguns dos melhores gestores do mundo e posso dizer, sem nenhuma dúvida: o que vocês estão fazendo não é coisa pouca e não é coisa leve. Para tornarmos o mundo um lugar melhor, precisamos do que vocês têm aqui: a coexistência pacífica (vivenciadas em seu corpo, em seu coração, e nas suas conexões de vida) e o que eu chamo de validação intrínseca do direito soberano do outro de ser como ele é, ao mesmo tempo em que se dá ao outro maneiras para se manter aberto ao que vem a seguir, não de um modo agressivo, mas de um modo aberto, elegante e humano. Essas são as coisas que precisamos para tornar o mundo um lugar melhor", destaca Gooden.

Mirian Coden explica que a Nortus está aplicando as compreensões sobre a Dinâmica da Espiral na criação de um novo modelo organizacional. "Podemos dizer que somos um laboratório que consegue provar que uma empresa que integra no locus de produtividade da organização a estrutura do ser humano como ela é pode tornar-se mais ágil, com pessoas mais conscientes de seu próprio desenvolvimento. Isso gera, gradativa e naturalmente, um cuidado maior por todo o sistema. Com esta vivência e apropriação de que é possível ter melhores resultados de forma mais leve e saudável, compreendemos que a nossa grande contribuição inicial com o Centro para a Humanidade Emergente será, em primeiro lugar, ser coerente, na prática, com o propósito mundial desta instituição. A partir disso, podemos contribuir de outras formas, servindo como ponte para que mais organizações possam usufruir das compreensões que a Dinâmica da Espiral traz sobre como se desenvolvem os sistemas humanos. E ao cocriarmos nossa melhoria como organizações ao mesmo tempo em que cumprimos com nossas responsabilidades com a sociedade, país e planeta, criaremos novas formas de contribuir", observa a sócia-fundadora da Nortus, Mirian Coden.

Sobre o Centro para a Humanidade Emergente

O CHE reúne novas ferramentas e teorias de ponta para incentivar mudanças sociais em larga escala, tanto em termos de compreensão do comportamento humano quanto na antecipação de futuros potenciais. Como cartógrafos globais, ao conectar projetos individuais em um centro integrado, o CHE gerará mapas eletrônicos, projetados para monitorar as ondas mais profundas de caos e ordem, mudança e estabilidade, e progresso e regressão dentro de nós mesmos e em nossas sociedades. O CHE será único, pois se concentrará nos códigos mais profundos subjacentes às nossas visões de mundo, sistemas de crenças e padrões de comportamento.

O Centro para a Humanidade Emergente está se constituindo como uma grande força internacional para incentivar e facilitar uma evolução cultural consciente ou "dirigida" no mundo. Operará em vários níveis, incluindo a compreensão - de uma maneira muito mais abrangente do que no passado - dos fundamentos culturais que impulsionam o comportamento humano, e focará na unificação gradativa, com o devido respeito às partes e suas singularidades, presumindo que a cooperação consciente esteja mais alinhada com o futuro que precisamos.

Assim, o Centro para a Humanidade Emergente produzirá dados e proporá soluções inovadoras, incentivando o desenvolvimento de novas ferramentas para entender a mudança que nos cerca, e fornecerá a base de uma nova estrutura internacional para facilitar a transição para uma nova era da humanidade, que lide melhor com os problemas mais fundamentais que enfrentamos.

Leia também:Agradeça aos ruídos

#DinâmicadaEspiral #CentroparaaHumanidadeEmergente #Nortus #DonBeck #DarrellGooden

0 visualização