Quais são as fases do relacionamento com o cliente? | Nortus | Gestão Contemporânea

Quais são as fases do relacionamento com o cliente?

4/5/2017

A conexão entre relacionamento e negócios 

Hoje, vamos falar um pouco sobre o relacionamento com o cliente, e por que é importante conhecer as fases desses relacionamentos.

 

O estímulo inicial para que qualquer relacionamento comece é o reconhecimento da existência do outro. Conhecer as fases de um relacionamento significa que existe a condição para que as interações tornem-se duradouras e que negócios se realizem à medida que esses relacionamentos avançam e se tornam mais fortalecidos e robustos.

 

O ciclo de vida de uma relação pode assumir diversos estágios, desde manter-se no primeiro nível, ou crescer, o que caracterizará a posteriori as diferente fases. A frequência com que acontecem interações possibilita que o relacionamento atinja diferentes níveis, os quais poderíamos classificar como: conhecidos, convívio ou amizade. 

 

Na primeira fase, chamada de conhecidos, ambas as partes simplesmente têm informações básicas e superficiais, tais como nome, reconhecer a atividade que a outra pessoa exerce ou empresa em que trabalha, informações sobre características físicas, e uma suposição mental sobre como o outro seria. Neste nível, o relacionamento é marcado por um tratamento mais formal e uma abordagem superficial, com eventual conversas e um grau baixo de compromisso social.

 

Caso aconteçam interações mais frequentes, ou acrescidas de novos ambientes, com encontros revelando afinidades comuns, haverá a possibilidade de que o relacionamento evolua para o próximo nível: convívio. Um exemplo típico seria o caso de você encontrar uma pessoa conhecida em outras situações, como uma reunião comunitária, na igreja, em um clube social ou mesma durante uma prática esportiva.

 

Neste caso, o tratamento, a abordagem e o compromisso social tendem a se ampliar; os indivíduos tornam-se mais próximos, e, por consequência, mais estreitos. A partir deste ponto, podem surgir convites sociais, ou até mesmo pessoais, o que abre a possibilidade de surgir o próximo nível.

 

Acontecendo encontros frequentes, com maior possibilidade de interação e troca de informações e uma identificação mais clara de afinidades, o relacionamento pode evoluir para a fase que chamamos de amizade. Neste ponto, o tratamento, a abordagem e o comprometimento social são bastante íntimos. Isto deve-se à quantidade de informações trocadas, à identificação de vários gostos comuns, à afinidade de caráter ou de posturas sociais e políticas, e à admiração pessoal.

 

No ambiente profissional, a aplicação deste conceito pode ajudar a explicar a correlação entre os negócios que efetivamos, ou não, com cada um de seus clientes. A identificação de qual relacionamento mantemos com cada uma das pessoas que conhecemos ou fazem parte de nossas redes sociais ou profissionais possibilita que pensemos em possíveis ações que podemos fazer para aumentar as chances de que esses relacionamentos se fortaleçam, ou, ainda, se mantenham.

 

Portanto, que tal avançarmos de fase nos nossos relacionamentos?

 

Leia também: Direção estratégica para equipe comercial

 

 

 

Please reload

Receba nosso conteúdo em seu e-mail.

Preencha este formulário e sempre que enviarmos um conteúdo estimulante, você receberá em primeira mão.

Nossas Redes

  • linkedin_nortus
  • Facebook Nortus
  • Nortus_TV
  • Insta_nortus