Quem toma as decisões na sua empresa? | Nortus | Gestão Contemporânea

Quem toma as decisões na sua empresa?

4/10/2017


O que, de fato, determina uma decisão.

No ambiente organizacional, um dos papéis esperados de um líder ou gestor é o de tomar decisões, seja no que envolve questões estratégicas, ou até mesmo em assuntos operacionais. Isso acontece pois presume-se que existe alguém que é responsável por pensar e decidir o rumo da organização. Estaria certa essa generalização? O que, ou quem, determina que uma decisão precisa acontecer?

 

Para auxiliar na busca por estas respostas, é interessante considerarmos alguns dos princípios gerais de funcionamento dos sistemas, sejam naturais ou criados pelo homem. Um destes princípios é o de que os elementos que compõem qualquer sistema estão conectados com outros, pertencentes a sistemas maiores. Isso significa que influenciam e são influenciados mutuamente. Isso só é possível acontecer pois existem trocas constantes de informações, que agem como produto da execução da função de cada elemento.

 

Se considerarmos que a função de cada elemento está conectada com a finalidade maior do sistema ao qual pertence, podemos imaginar que são as informações, ou seja, os dados e fatos, que podem determinar as decisões relativas às ações que são necessárias.

 

Ao considerarmos essa constatação verdadeira, e pensando em um funcionamento natural dos sistemas, poderíamos afirmar que não é o líder/gestor que toma as decisões, e sim os dados – informações – dos sistemas que determinam o que precisa ser feito.

 

Essa percepção explica a razão de por que algumas decisões, identificadas fortemente pela visão restrita de seus líderes, não alcançam os objetivos propostos e geram desgastes, perdas ou retrabalho. A lógica para isso seria a inadequação ou o desalinhamento da ação proposta em relação ao sistema maior.

 

A partir disso, podemos ampliar a nossa reflexão para qualquer decisão ou ação que pensamos em implementar. Se considerarmos apenas os dados e fatos presentes no contexto da decisão, certamente, e inevitavelmente, aumentaremos as chances de estarmos cumprindo a nossa função, e entregando as informações necessárias para o funcionamento do sistema maior – para a vida, para as pessoas envolvidas e para a organização.

 

Leia também: O que faz um pensamento ser estratégico

 

 

 

Please reload

Receba nosso conteúdo em seu e-mail.

Preencha este formulário e sempre que enviarmos um conteúdo estimulante, você receberá em primeira mão.

Nossas Redes

  • linkedin_nortus
  • Facebook Nortus
  • Nortus_TV
  • Insta_nortus