O papel dos gestores na comunicação de suas equipes | Nortus | Gestão Contemporânea

O papel dos gestores na comunicação de suas equipes

23/2/2018

O comportamento comunicacional é um dos principais problemas nos relacionamentos da equipe.

 

 

 

Uma das grandes dificuldades enfrentadas no ambiente de trabalho é com o processo de comunicação. A falta de investimento adequado neste aspecto é resultado do desconhecimento do impacto que a comunicação causa nas relações interpessoais no dia a dia.

 

Para que a comunicação seja efetiva é preciso ter um objetivo claro, um conteúdo adequado, cuidado com as formas de expressão - verbal e não-verbal - e muita atenção com relação à parte comportamental. O comportamento comunicacional é um dos principais problemas nos relacionamentos da equipe.

 

É necessário que tenhamos uma forma inclusiva de falar, e com isso as pessoas se sentirão consideradas, escutadas e acolhidas. Não se estabelece uma conexão de segurança com o outro acreditando que estamos sempre certos, que sabemos de tudo e fazendo de conta que escutamos e que nos importamos com o interlocutor, porque o outro percebe e acaba se fechando, e por vezes, acaba abandonando uma conversa, um projeto, um plano de ação por sentir-se desmotivado.

 

O gestor precisa aprender a ouvir suas equipes, a confiar em seus trabalhos, nas suas percepções e soluções. Deve estar disponível e aberto ao diálogo bem como 

interessado pelos conhecimentos e informações que o interlocutor traz. Para uma reunião ser produtiva, por exemplo, nós temos que favorecer o acolhimento, assim todos se sentem responsáveis e passam a se responsabilizar pelas ações e projetos.

 

Quando estamos, verdadeiramente, ouvindo nossas equipes o não-verbal está focado nessa atividade. Então, o senso de presença pode ser percebido pelo olho no olho, pelo corpo centrado e os questionamentos que surgem a partir do que é dito. Do contrário, nossos olhos se desviam a todo tempo do outro buscando outros atrativos; trazemos outros assuntos na conversa; mexemos no celular; consultamos o relógio etc.

 

Portanto, nós temos que nos dar conta que a nossa parte é fundamental na

comunicação e o quanto o sucesso dela depende do nosso preparo. Não adianta apenas pensar que a comunicação é um problema se somos nós que a usamos mal.

 

Como líderes temos que agir, nos capacitar e investir tempo suficiente com as equipes para treiná-las e desenvolvê-las. É nossa função convidar cada um a aprimorar sua comunicação, olhando com seriedade esse processo para que possa ter uma melhor versão todos os dias.

 

Se em uma equipe de dez pessoas cada uma melhorasse um por cento por mês nós

teríamos um resultado incrível e surpreendente. Quantas ideias seriam escutadas?

Quantas melhorias poderiam ser implementadas? Quantos conflitos poderiam ser

administrados de uma forma melhor? Certamente a colaboração seria mais efetiva

entre as áreas e todos colocariam seus focos em objetivos comuns.

 

De modo geral, as pessoas investem pouco tempo do seu dia a dia para pensar sobre isso e se dedicar, de fato, a melhorar. Não basta saber que a comunicação precisa evoluir, nós temos que fazer a nossa parte para obter resultados melhores.

 

A comunicação nas empresas melhora quando os gestores mudam sua forma de se relacionar e dialogar. Seja por inspiração, seja pelo exemplo, são os líderes que dão o “start” nesse processo.

 

Você também pode assistir: Contação de história: um recurso indispensável na comunicação 

 

 

 

 

Please reload

Receba nosso conteúdo em seu e-mail.

Preencha este formulário e sempre que enviarmos um conteúdo estimulante, você receberá em primeira mão.

Nossas Redes

  • linkedin_nortus
  • Facebook Nortus
  • Nortus_TV
  • Insta_nortus